ACADEMIA FERREIRENSE DE LETRAS...



Sugestões

         Uma das maneiras de preservar a história de uma cidade é conservar os arquivos que existem na prefeitura. Eu estou realizando uma pesquisa de genealogia, ora a outra vou até o setor de arquivo onde estão armazenadas as certidões de óbito e por muitas vezes tenho visto documentos praticamente destruído pelo tempo e outras coisas mais. Acredito que já está na hora das autoridades constituídas informatizarem os arquivos antes que se perca tudo.
         Outra sugestão seria a implantação de uma academia em nossa cidade. Quem sabe poderia ter o nome de: ACADEMIA FERREIRENSE DE LETRAS. Uma vez que isso se torne realidade, um dos objetivos seria  promoverem concursos de literatura  junto as escolas municipais e estaduais, para que as crianças escrevessem uma história  sobre a nossa cidade, enfim seria uma forma de incentivar as crianças a ler e escrever.
Parafraseando um titulo que li não sei onde que diz o seguinte: “Qui scribit, bis legit” – Quem escreve, lê duas vezes.
TANGERYNUS
HINO DA ACADEMIA FERREIRENSE DE LETRAS

Letra: Edison dos Santos
Hino: organizar um concurso

Ontem só no pensamento existia,
Na história, encubada ficou;
E hoje, o presente, o acordou.
Só, observando o passado, com saudade,
Hoje, seu povo, um projeto edificou.
Nasce em Porto Ferreira,
Neste sagrado rincão, a sua Academia:
Academia Ferreirense de Letras,
Projeto que o ferreirense já consagrou.
Ontem era só um esboço, de letras mortas,
E a atitude férrea, uma Academia criou,
E os artífices, com braços fortes,
Um projeto edificou.
Nasce em Porto Ferreira,
Neste sagrado rincão, a sua Academia:
Academia Ferreirese de Letras,
Projeto que o ferreirense já consagrou.

Tangerynus e Professor Edison dos Santos

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MINHA BISAVÓ FOI PEGA NO LAÇO?

Obras de Antonio Paim Vieira pertencem ao patrimônio histórico de Porto Ferreira

TRIO UIRAPURU