Encontro de um índio músico com o músico ferreirense Tangerynus




Cacique Tangerynus...

Na tarde de quarta feira, dia 1 de dezembro de 2010, às 12:30 horas, ao passar pela praça central, ouvi um som espetacular, o índio tocava a música “O condor passa”, e me senti flutuando no espaço. Aguardei o índio finalizar a bela melodia e fui lá bater um papo. Por uns instantes me senti na cidade de Machu Pichu (Peru).

Disse que hoje era a segunda vez que se apresentava em Porto Ferreira, gostou da cidade e pretende voltar em breve.

Disse também que viaja por todo o Estado de São Paulo mostrando e vendendo seus cds: Melodias Indígenas – Meditação – Internacional – Harpa Cristã – Congregação Cristã.

Enfim a conversa se prolongou me passou o seu cartão de visita e até me emprestou o cocar de sua tribo para tirar uma foto.

Em tom de brincadeira, disse-me após bater a foto que eu tinha característica de descendência indígena.

Respondi dizendo: quem sabe? poderia ser o mais novo cacique da tribo: Cacique Tangerynus.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MINHA BISAVÓ FOI PEGA NO LAÇO?

Obras de Antonio Paim Vieira pertencem ao patrimônio histórico de Porto Ferreira

TRIO UIRAPURU