José Pereira Tangerino falando dos barões...

José Pereira Tangerino (Zeca Bem)
.-1894+1986-.

José Pereira Tangerino, mais conhecido pelo apelido de "Zeca Bem", tinha uma cabeça privilegiada. Ele nasceu em 1894, tempos do Império Colonial, precisamente no tempo de Dom Pedro II,

Meu avô gostava muito de comer polenta, mingau de cambuquira, sopa de milho verde, rapadura, amendoim torrado, batata doce, torresminho de porco carioca e outras iguarias, tudo cozinhado no fogão de lenha.
Conversando com ele sobre o bairro do Ipiranga, dizia que todas as ruas, avenidas, praças etc., tem os nomes de pessoas que fizeram parte da história de São Paulo e do Brasil. Citou alguns apenas, Avenida D. Pedro I, Rua do Fico, para não se alongar.
Nome completo do D. Pedro: Pedro de Alcântara João Carlos Leopoldo Salvador Bibiano Francisco Xavier de Paula Leocádio Miguel Gabriel Rafael Gonzaga. D. Pedro II era muito gentil e vivia nomeando pessoas com títulos honoríficos, daí o resultado de que na época tinha uma grande quantidade de barões.
Em razão de ter nascido nesta época ele comentava sobre o que ouvia sobre a história do Brasil, a história ouvida no pé-da-orelha contada pelos caboclos do bairro rural da Fazendinha, tendo o Ribeirão Bonito como divisa dos municípios de Porto Ferreira - Descalvado - SP. Se é verdade ou apenas mais um causo ele não sabia dizer, é o que ele ouvira.
Num dos seus comentários, ele disse que, em certa ocasião, o ilustre D. Pedro II e sua comitiva foram inaugurar um ramal ferroviário em Porto Ferreira - isto aconteceu em 1886. Quando chegaram ao então povoado de Beth-le-hem (Belém) de Descalvado, D. Pedro II soube que um cidadão tinha um quadro com a foto dele pendurado na parede. Foi até a casa do cidadão, viu o quadro, apontou com o dedo e disse: "Você vai ser o primeiro Barão de Descalvado".
Outra história é sobre o João Martins da Silveira Sobrinho, um dos descendentes do "Barão de Cocais". Tempos atrás estiveram em Porto Ferreira algumas pessoas investigando, isto é, estavam atrás de documentos para provar a descendência, mas nada conseguiram, porque a igreja católica de Mogi Mirim pegou fogo e antigos documentos foram queimados. Comentou também que o João Araujo Filho, neto de sua irmã Etelvina Leonina Tangerino, casada João Mendonça Salvador, é descendente por parte do avô João Araujo (João Dio).
Quer dizer então que ele vai receber uma fortuna? Que nada, meu neto, a fortuna ficou na Inglaterra, os descendentes apenas herdaram essa história.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MINHA BISAVÓ FOI PEGA NO LAÇO?

Obras de Antonio Paim Vieira pertencem ao patrimônio histórico de Porto Ferreira

TRIO UIRAPURU