A HISTÓRIA PELA HISTÓRIA III

CAPSULADO TEMPO - ÂNCORA
.-Tudo por amor a Porto Ferreira-.
Falando da famosa âncora inglesa

O primeiro capítulo da história da âncora inglesa foi resolvido em 1 de maio de 1980, sendo uma história de pescadores o fato foi real. Enfim a âncora foi comprada e levada  ao Museu Histórico e Pedagógico “Prof. Flávio da Silva Oliveira”.

A história não parou por aí, teve outras na sequência cronológica, isto é, de 1980 até 31 de dezembro de 2012.

O segundo capítulo iniciou no mandato do então prefeito Carlos Alberto Teixeira (1993 a 1996) que resolveu levar a âncora inglesa para frente da Prefeitura Municipal de Porto Ferreira, na opinião dele seria um novo marco histórico, exposto publicamente, em frente também da praça principal do município.

O terceiro capítulo iniciou no mandato do então prefeito André  Braga, que tinha opinião contrária, dizia ele que a âncora inglesa tinha um lugar certo, teria que voltar ao museu. 

Texto e fotografia extraída do Jornal do Porto
MARCO DO CENTENÁRIO É RETIRADO;
ÂNCORA HISTÓRICA VOLTA AO MUSEU
(Jornal do Porto (Janeiro de 1998)
retrospectiva 1997


Monumento de concreto armado é retirado: âncora foi restaurada e devolvida ao museu.

O prefeito André Braga (1997 a 2004) retirou a âncora do marco do centenário para restauração e para devolvê-la ao Museu Histórico e Pedagógico “Prof. Flávio as Silva Oliveira”.  No dia 29 de julho do ano passado a âncora foi retirada do museu e foi fixada ao marco do centenário em frente à Prefeitura. Dentro do marco foram colocados documentos alusivos ao centenário da cidade. Funcionário da Prefeitura tiraram a âncora e o concreto armado que servia de pedestal para o marco centenário.

“Não acho justo tirar a âncora do lugar de origem, temos de respeitar todas as pessoas que construíram o nosso passado e a retirada não foi nenhum tipo de perseguição, pois tudo que estava no marco foi guardado no museu”, disse o prefeito André Braga.

O quarto capítulo e último, encerrou no mandato do então prefeito Mauricio Sponton Rasi (2005 a 2012). Que também teve a ideia de que a mesma retornasse para frente da prefeitura. Mas acredito que o bom senso se fez presente, e a melhor solução foi que, fizeram uma réplica da âncora, e que a mesma esta exposta no lugar da âncora original.
Porto  Ferreira, 4 de fevereiro de 2013, eu “Tangerynus” e o “Renan”, não somos “Madrake” e muito menos  Sherlock Holmes, mas   resolvemos tirar uma dúvida. Tivemos a ideia de procurar alguma inscrição qualquer inserida na âncora, e acabamos achando uma numeração, quem sabe pode ser uma referencia do modelo, e ano de fabricação, apesar das dificuldades de decifrar o conteúdo, isto usando o procedimento idêntico quando se vai a um despachante para identificar o numero de motor e chassi de veículos automotores. Segue abaixo a inscrição que está inserida na âncora inglesa.

23405
87 L
B T
31 3 01











Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

MINHA BISAVÓ FOI PEGA NO LAÇO?

Obras de Antonio Paim Vieira pertencem ao patrimônio histórico de Porto Ferreira

TRIO UIRAPURU