A POLITICA É BOA, DE QUEM DELA VIVE...



“O PROBLEMA SÃO ELES...OU NÓS...”

Desde menino ouvia falar de política
Pelo rádio – jornais – revistas depois TV
Era uma grande confusão que coisa crítica
Eles se articulam por baixo dos panos e ninguém vê.

Dependendo das articulações
Ora são aliados – ora é oposição
Lembro do Adhemar de Barros
Jânio Quadros era muito brigão.

O povo vai ao embalo dos boatos
Ouvia uma noticia qualquer divulgada
Cada um interpreta de um jeito os fatos
No fim das contas ninguém entendia nada.

Sempre foi assim
É uma bagunça generalizada
Isso nunca vai ter um fim
Alguns políticos só dão mancada.

Já dizia o velho guerreiro “Chacrinha”
Nada se cria tudo se copia
Partidos políticos é um saco de farinha
Lógico que tem joio e que tem trigo, mas a gente chia.

A questão é vestir a bandeira deles
Entram-se políticos da oposição no município
Quem era situação se ferra com eles
Vão perseguir sem nenhum principio.

A gente não sendo do meio político
Estrepamos  quando  manifestamos
Fazendo comentários do lado  critico
Vamos pagar penitência por anos.

O povo gosta de ser tapeado
Sabem que as promessas são ficção
É um jogo de carteado
Aprendemos a cada eleição.

Assim é o regime democrático atual
Graças a Deus no Brasil estamos livres de ditaduras
O problema maior é a situação fatal
Das nossas conjecturas.

Burro-cracia campeã para os desvios financeiros
De verba pública programada
É quem nem água que ser perde nos bueiros
Brasil ó Pátria amada.

A situação se une com a oposição
Pra que servem os partidos políticos brasileiros atuais
A oposição vira situação que confusão
Os “coronéis...” da política estão vivos, são coisas naturais.

O povão critica os políticos de uma forma geral
Nas eleições votam esquecendo as maracutaias
Votei na urna eletrônica e não vi a foto isso é normal
Vou parar por aqui esqueci de regar os pés de samambaias.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MINHA BISAVÓ FOI PEGA NO LAÇO?

Obras de Antonio Paim Vieira pertencem ao patrimônio histórico de Porto Ferreira

TRIO UIRAPURU