Conversado com Oziel Guerra (Tuta)

Dia 13 de julho de 2009 conversei com o amigo Oziel, mas conhecido por Tuta, da dupla sertaneja raiz "Tuta e Tota". Na conversa por telefone relembramos parcialmente algumas histórias vividas no bairro de Vila Carioca - Ipiranga - SP. Em certo momento ele exclamou: "puxa vida Tangerynus fazem mais de 50 anos que mudei da Vila Carioca!".

Na década dos anos 50/60 o Tuta compôs uma melodia que foi gravada em 78 rotações pela dupla "Zico e Zeca" que fez muito sucesso na época, daí pensaram que iam decolar no meio artístico.

Segundo afirmações do Oziel, no Brasil são poucos os compositores que vivem exclusivamente de música. Pensando assim, sempre esteve com os pés no chão, e trabalhando na Arno, aposentou-se. Enfim trabalhando nessa empresa garantiu razoavelmente sua sobrevivência, mas continua ativo, segue compondo letras inéditas. 

Tuta e Tota, que na
União de irmãos da família Guerra
Tocavam e cantavam musicas de viola, e
A gente ficava a escutar.
Época em que a viola comia “sorta” pela capital de São Paulo
Tonico e Tinoco também faziam parte do "Cast"
O rádio era a nossa distração
Toada; guarânia; valseado; cateretê; arrasta-pé; cururu.
Assim ouvíamos às 06h30min nas manhãs de domingo na rádio Bandeirantes de São Paulo.

Quem patrocinava a dupla “Tuta e Tota” era o famoso Biotônico Fontoura, e quem comprasse o referido xarope levava de presente uma revista do "Jeca Tatu", anos depois o cineasta Amacio Mazzaropi fez o filme numa homenagem ao homem do campo.
Hoje, dia 30 de julho de 2009, recebi pelo correio dois Cds, presente do Oziel Guerra (Tuta), enquanto ouvia um deles com o titulo: "Através dos tempos", no meu computador fui digitando o acontecido, é mais uma história que vai para o “São Paulo Minha Cidade”. Estou aguardando o cd dos primos Regi & Adriano, “Florada dos ipês”.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MINHA BISAVÓ FOI PEGA NO LAÇO?

Obras de Antonio Paim Vieira pertencem ao patrimônio histórico de Porto Ferreira

TRIO UIRAPURU