UM PÉ DE JATOBÁ

jatobas - cabaça para colocar água pra beber

Campo do Cruzeiro

A sabedoria dos caboclos passa de gerações em gerações, sendo que segundo o meu avô “Zeca Bem” já falecido, dizia que a árvore conhecida por jatobá servia como alimento, porém ouvi esta afirmação, apenas ficou gravada na memória, enfim morando na cidade, na capital de São Paulo encontrar tal árvore, podemos dizer que está em extinção,  achava um pouco difícil, mas por um acaso resolvi conhecer o  Pico do Jaraguá, e lá encontrei um pé de jatobá.
Na tenra idade, tempos de criança a garotada andava pelo bairro do Heliópolis, região desabitada, desde o bairro Sacomã até o rio dos Meninos, divisa de São Caetano do Sul era tudo capoeira, no retorno da jornada, aparecíamos com vários frutos dessa árvore, e fazíamos vários anéis e colocávamos nos dedos, não recordo do alimento.
É muito comum quando algum carpinteiro está madeirando uma edificação, casa de madeira ou de alvenaria, e passando nas proximidades a gente sente no ar um cheiro meio estranho, falando português claro parece cheiro de chulé.
Hoje dia 24 de agosto 2008 fui visitar um amigo que esteve na cidade de Araxá - Minas Gerais, aliás, acabou de chegar e trouxe consigo uma boa quantidade de frutos de jatobá. Quando vi tais frutos voltei ao passado, conforme citei acima.

Comentei com o amigo que já ao um bom tempo, muitos anos que não via tais frutos. Segundo ele o fruto de jatobá floresce durante os meses de outubro a dezembro.
Os frutos amadurecem a partir do mês de julho.

O amigo pegou vários frutos e foi quebrando, meu deu a polpa e disse se você não cheirar vai comer até enjoar. Ouvi isso, não entendi, apenas peguei a semente, que é mais ou menos parecendo com caroço de macaúba/macauva, botei na boca e fui degustando. A polpa do jatobá deixei de lado,  minutos depois resolvi experimentar, foi quando constatei que de fato que a polpa tem o cheiro de chulé, mas  o sabor parecido com leite em pó.

Para saber mais sobre a planta do jatobá resolvi pesquisar na internet o site “Bem vindo ao Clube de Sementes do Brasil”.

*Os frutos do jatobá contêm uma farinha comestível e muito nutritiva, consumida tanto pelo homem como pelos animais silvestres.

Outras informações:
Árvore de grande porte. Seu fruto, de casca dura com sementes cobertas por um pó verde amarelado  com cheiro forte e característico, é muito apreciado pelas pessoas do interior. A árvore possui tronco avermelhado, de madeira pesada muito utilizada comercialmente na construção civil.
Como planta medicinal, diferentes partes são usadas pelos indígenas contra diarréia, tosse, bronquite, problemas de estômago e fungos nos pés.

Nomes Populares
jatobá, jataí, jataí-amarelo, jataí-peba, jitaí, farinheira, imbiúva.

Em Porto Ferreira tem um pé de jatobá, já no fim da linha, bem próximo do Campo de futebol do Cruzeiro.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MINHA BISAVÓ FOI PEGA NO LAÇO?

Obras de Antonio Paim Vieira pertencem ao patrimônio histórico de Porto Ferreira

TRIO UIRAPURU