Minha simples homenagem à dupla “Tuta &Tota”



Na década de 50/60 a capital de São Paulo acolhia migrante e imigrante de todas as partes do mundo, e com isso ela se tornou um “caldeirão de raças e de culturas”. A minha família “Tangerynus de Oliveira” também fez o mesmo caminho na procura do “Eldorado”, migramos de Porto Ferreira para a capital de São Paulo. E vamos nós pegarmos o trem na Estação da Cia. Paulista, destino bairro de Vila Carioca-Ipiranga-SP. Piuí... Piuí... Piuí... Café com pão manteiga não...

A televisão era ficção, o rádio, circo, teatro, cinema, se proliferaram, sem esquecer dos parques de diversões na periferia, falando de parque, o mais famoso era o “Parque Xangai”.

Mas falando de radio, recordo-me de que havia uma boa quantidade delas, não recordo de todas, vou citar as que me lembro: Radio Nacional; Radio Record; Radio Piratininga; Rádio América; Radio Tupy; Radio Cultura; Radio Cacique; Rádio Nove de Julho; Radio Marconi; Radio Bandeirantes; Radio Pan-americana e outras mais. Na época todas as emissoras tinham um programa sertanejo, Tuta & Tota tinha um programa que ia ao ar aos domingos pela Radio Bandeirantes, patrocinada pelo Laboratório que fabricava “Biotônico Fontoura”, quem comprava o biotônico recebia uma revistinha do “Jeca Tatu”.
O que me fez lembrar disso foi à razão de ter encontrado um livrinho de musicas editado pela “Editora Prelúdio Ltda., n.º 5”, cujo título é: Nossa Homenagem, Leôncio e Leonel.

A relação dos homenageados: Teddy Viera; Palmeiras; Roque José de Almeida; Sulino; Lourival dos Santos; Tuta; Benedito Seviero; Sebastião Victor; Nelson Gomes; Dito Mineiro; Biguá; Capitão Balduino; Geraldo Meireles; Arlindo Pinto de Souza; Armando Augusto Lopes; Riqueza e Gorjão. Resumindo, Tuta (Oziel Guerra) e Leôncio fizeram uma composição com o mesmo titulo “Nossa Homenagem” segue abaixo a letra desta composição musical.

Nossa homenagem-Cateretê-
Autores: Tuta e Leôncio

Nosso peito é uma emissora
Que espalha felicidade
Espantando a tristeza
Cultivando a saudade
Nossa viola que transmite
Em alta fidelidade
Aos ouvintes do sertão
E também aos da cidade.
Nós somos dois transmissores
Que transmite da estação
Com todo amor e carinho
Para o vosso coração
Nossa voz canta serena
Porque elas são irmã
E leva nossa homenagem
Ao nosso querido fã.
Para vocês que escrevem
Vai a nossa saudação
Cantando agradecemos
Pela vossa atenção
Sintoniza a nossa voz
Se você ta apaixonado
Nossas modas traz consolo
P’ra quem vive desprezado.
E por este microfone
Que cantamos com louvor
Ao nosso amigo ouvinte
Com carinho e com amor
Neste verso derradeiro
Que a estação ta transmitindo
Até o próximo programa
Nós já vamos despedindo.

Tuta & Tora foram meus vizinhos, morávamos no bairro de Vila Carioca, eu mudei eles também mudaram do bairro, enfim perdi o contato, mas como as pedras se encontram, Rosana Guerra a filha do Oziel Guerra (Tuta) acabou me achando pela internet e nos comunicamos constantemente, o mais importante é que o Tuta está vivo, e continua compondo letras de músicas. Não posso afirmar, mas acredito que todos os homenageados são oriundos do interior de São Paulo e de outros estados do Brasil.

Aproveitando o espaço do Vivaspcom que me dá oportunidade de enviar textos falando da capital , dou uma sugestão aos senhores programadores de canais de TV de São Paulo, está na hora de homenagear o ilustre compositor “Oziel Guerra”, mais conhecido pelo meio artístico sertanejo como Tuta, da dupla “Tuta & Tota”. Atualmente quem costuma homenagear artistas são o Raul Gil (SBT) e a Inezita Barroso (TV Cultura). Quem sabe se emitir SOS aos programadores de TV eles com certeza acatarão o meu pedido. Se tiver que homenagear alguém, homenagem quando a pessoa está viva.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MINHA BISAVÓ FOI PEGA NO LAÇO?

Obras de Antonio Paim Vieira pertencem ao patrimônio histórico de Porto Ferreira

TRIO UIRAPURU