VAMOS DAR UMA VOLTA NO BAIRRO DO BOTAFOGO

IGREJA SANTA RITA DE CÁSSIA 

SILVIA DE MELO

UM CAVALO SOLITÁRIO VAGANDO PELAS RUAS DE PORTO FERREIRA

RELEMBRANDO MEUS TEMPOS DE ESCOLA PRIMÁRIA, 1954

RIO MOGI GUAÇU, 10-2-2013

O RIO ESTÁ SUBINDO

CUIDADO COM OS DEGRAUS

SERÁ QUE VEM ENCHENTE POR AÍ

SEM PROBLEMAS DEIXA A ÁGUA SUBIR 

SÓ OBSERVANDO AS ÁGUAS DESCEREM

O RIO ESTÁ ENCHENDO

E VEM VINDO ÁGUA PACAS

PASSEANDO DE BARCO NO RIO MOGI GUAÇU

VAMOS NAVEGAR RIO ACIMA

TEMPOS DE CHUVA É BOM PRA PESCAR MANDI

OBÁ, MISTURA PRO ALMOÇO
 
Domingo de carnaval, eu e a esposa Balbina resolvemos dar uma volta lá pelas bandas do Bairro Botafogo, quem sabe a aquela escolinha que ela estudava ainda continua de pé, assim disse minha esposa.

Passando pela Ponte Metálica observamos que o Rio Mogi Guaçu está acima do normal, creio que não há motivo para preocupações quanto a uma enchente das proporções de 1970. Com a câmera na mão fui batendo algumas fotos.

Paramos em frente da casa do amigo Roberto esposo da nossa amiga “Silvia de Melo” (im memoriam), que eram amigas da mesma classe, 1.º ano primário. Bati palmas, quem me atendeu foi o seu filho André, o dentista que me atendeu tempos atrás, bom rapaz.

Antes de chegar na casa do Roberto, na subidinha a esposa Balbina olhou e disse, a casa que te falei está ai, enfim aqui era uma escolinha, lógico algo mudou.

Lembro que na frente desta casa tinha uma cerca de bambu, a edificação era apenas um cômodo, com um vitral, digo vitrô  ao lado esquerdo do corredor, para entrar claridade, tinha um pote de água dentro do cômodo, e uma caneca de alumínio para beber água, isso pra todos os alunos e alunas, pois era uma classe mista, o banheiro ficava no fundo do quintal.

Nesta época nossa família morava no sitio do Sr. Afonso Moda, descíamos  numa rua cheia de cascalhos, recordo-me de que dia 24 de agosto de 1954 eu ia pra escolinha, e no caminho tinha um senhor, trabalhador do D.E.R – Departamento de Estradas e Rodagem capinando a estradinha e perguntou pra Balbina, onde você vai menina. A Balbina respondeu. Estou indo pra escola. Disse o senhor que estava trabalhando. Então pode voltar pra casa porque hoje não vai ter aula, acabou de falecer o nosso presidente da Republica, Getúlio Vargas.

A Balbina dava pulos de alegria, não pela morte do presidente, mas sim por não ter aula.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MINHA BISAVÓ FOI PEGA NO LAÇO?

TRIO UIRAPURU

UM GALO AMARRADO PELO PÉ!!!