“Capoeira- Pau-de-sebo-Samba”


          Nas décadas dos anos 50/60 o bairro de Vila Carioca estava em formação, e chegavam a todo o momento imigrantes de várias partes do mundo e migrantes dos quatro cantos do Brasil.

          Na Rua Albino de Moraes, rua sem asfalto, era terra preta, misturada com brejo, enfim lama, que encarnava nos calcanhares e na pantorrilha, os nordestinos praticavam ao jogo de capoeira, e também enfiavam um mastro no chão, diziam ser aquilo o tal de “pau-de-sebo”. Tínhamos como vizinho o então o menino “Lula”.
         Achava aquilo estranho, isso em razão dos movimentos a toque de um “berimbau”.
         Outra coisa que os interioranos também não viam com bons olhos era quando se reunia um grupo de pessoas, esquentando o coro dos tambores e tamborins. Diziam os sambistas que usavam coro de gato nos tamborins?. Após esquentarem a gente ouviu "bum-bum-bum".
          Mas falando de  “pau-de-sebo” é uma brincadeira que faz parte do folclore do Nordeste do Brasil, sobretudo do interior da Bahia. É comum em épocas de São João e Páscoa.
          A brincadeira consiste em tentar subir em um pau reto e liso previamente banhado de sebo ou graxa, ou qualquer outra substância gordurosa, para tentar apanhar um prêmio que se encontra em seu topo. A altura pode chegar a mais de oito metros e são permitidos truques, tais como trabalho em equipe onde um sobe no ombro do outro tentando ganhar altura. O fato é que na maioria das vezes não se consegue o prêmio, mas sim muita sujeira e melação.
          Várias pessoas passavam nas mãos um punhado de areia, mas isso não adiantava, e ninguém conseguia atingir o objetivo, até que derrubavam o “pau-de-sebo” mastro, era aquela festa, até os cachorros se divertiam com isso.

          É uma diversão para os meninos e homens, que tentam subir, e também para as meninas e idosos, que assistem e vibram. Ao final da tarde, após consumada a derrota dos garotos, o prêmio, que geralmente é em importância viva, é distribuído entre os festeiros  em forma de "comes e bebes".

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MINHA BISAVÓ FOI PEGA NO LAÇO?

TRIO UIRAPURU

UM GALO AMARRADO PELO PÉ!!!