HOMENAGEM A RUBEN PARADA

MAESTRO RUBEN PARADA



HOMENAGEM A RUBEN PARADA

SAUDOSA BATUTA
Poesia de Geraldo de Oliveira e Souza em homenagem ao saudoso maestro: Ruben Parada (com saudade)

Senhores peço licença
Pois a minha experiência
De singular qualidade
Quero contar aos amigos
Para esconder a saudade...

Saudade é um sentimento
Que vem em certos momentos
Justamente de surpresa
Às vezes vem de repente
Invade a alma da gente
E rouba toda a beleza.

Beleza vejo sentindo
Às vezes falo sorrindo
Na ilusão da esperança
Daquele velho regente
Que deixou pra nossa gente
Um punhado de lembrança...

Lembrança ficou nas pautas
Das claves o canto nauta
Porque já cessou a luta
Pois nela serão lembradas
Das mãos de Ruben Parada
Sua saudosa “batuta”.

Batuta, varinha alegre
Cuja vida foi tão breve
Ficou nos anais da história
Sua missão foi cumprida
E levou durante a vida
No pináculo da glória.

Glória das noites de gala
Que esta “batuta” não fala
Mas agitava ligeira
Nas mãos de Ruben Parada
Sobre as notas estalava
Toda garbosa e faceira.

Faceira fala o poeta
Batuta em forma de seta
Ferindo alma sentida
No entanto meus caros amigos
Ela me pediu um abrigo
Mas ficou prá toda vida...

Dorme, velho regente
Pois estes versos referente
Meu poema se encerra
Seu ideal ninguém se opôs
Foi tu mesmo quem compôs
O hino de nossa terra...

SALVE PORTO FERREIRA!***

Obras: Das composições do maestro Prof. Ruben Parada – destacamos as seguintes:

Fantasia:
  1. Cascata de sonhos

Dobrados:
  1. Ao cahir da tarde
  2. Tósinho
  3. Oscar Pião
  4. Prof. José Cardoso
  5. Belarmino Del Nero
  6. Durvalino Franco da Silva
  7. Coração que chora
  8. Virgolino
  9. Abnegado
  10. Capitão Delfim
  11. Prof. Joaquim do Marco
  12. Sargento Turiba
  13. Prefeito Jubur
  14. Juca Lebeis
  15. Cadencia
  16. Brasil amado
  17. Instituto São Paulo (Homenagem Francisco F. Sousa)
  18. Paschoal Salzano
  19. Dr. Erlindo Salzano
  20. Joaquim Coelho Filho
  21. 29 de Julho
  22. Zequinha de Abreu
  23. Hermenegildo Carrera
  24. Alvorada Rubra
  25. José Dejiovanni
  26. Constantino Stoco
  27. Catari – Catari

(E outros)

Valsas: entre outras – Chora Fernandinho - Humilde e carinhosa
Blues: Paraiso Encantado – Garota de meus Sonhos
Fúnebre: Dor da saudade
Hinos oficiais: Porto Ferreira – Pirassununga – Araras

Hinos escolares-religiosos-canções escolares-canção de exaltação a pátria-grande numero de arranjos para bandas de musicas populares.

TEXTO EXTRAÍDO DOS ARQUIVOS DO
      MUSEU HISTÓRICO E PEDAGÓGICO
                                               “PROF. FLÁVIO DA SILVA OLIVEIRA 

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

MINHA BISAVÓ FOI PEGA NO LAÇO?

TRIO UIRAPURU

UM GALO AMARRADO PELO PÉ!!!