Olá Roberto vai regar as plantas antes que chova, urralhos!!!


O terreno adquirido pela nossa família Tangerino de Oliveira media 10x50, mesmo tendo construído varias casas, sobrou um espaço para cultivo de hortaliças e não podiam faltar as ervas medicinal, tais como: arruda, guiné, alecrim, hortelã, poejo, manjericão, boldo, erva de Santa Maria, erva cidreira, espada de São Jorge, carqueja e outras mais que não me lembro.

Falando de poejo...

*O poejo (Mentha pulegium) é uma das espécies mais conhecidas do género Mentha. Da família Lamiaceae, é uma perene cespitosa de raízes rizomatosas que cresce bem em sítios húmidos ou junto de cursos fluviais, onde pode ser encontrada selvagem entre gramíneas e outras plantas.

Do lado esquerdo morava o “Seo Manoel”, velho português, que na frente de sua casa plantava também hortaliças. Certo dia uma pessoa disse pra ele, porque o senhor não planta flores. Retrucou-o num tom de ironia, dizendo por que eu não como flores.

Não sei se por brincadeira, e olhava para o céu e pedia para qualquer um dos seus filhos que regasse a horta.

Usava a célebre frase: “Olá Roberto, vai regar as plantas antes que chova”. Anos depois ouvi essa mesma frase sendo usado num filme do Mazzaropi, quem sabe a tal frase é uma expressão do povo português.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MINHA BISAVÓ FOI PEGA NO LAÇO?

Obras de Antonio Paim Vieira pertencem ao patrimônio histórico de Porto Ferreira

TRIO UIRAPURU