REMODELAÇÃO POLICIAL

ANTIGA CADEIA PÚBLICA DE PORTO FERREIRA
ATUAL MUSEU HISTÓRICO E PEDAGÓGICO "PROF. FLÁVIO DA SILVA OLIVEIRA"
O FERREIRENSE
29 de maio de 1955 


Repressão a Embriagues e Vadiagem e Combate a Imoralidade
  
A Delegacia de Policia de Porto Ferreira, mandou afixar em todos os recintos públicos, cartazes  com Artigos do Código Penal Brasileiro, indicando as penalidades a que estão sujeitos os infratores da lei.
Os mais visados, no entanto, são os bêbados contumazes, os vadios, malandros e os escandalosos.
A Polícia     está agindo, coibindo todos os abusos verificados na consumação e venda exagerada de bebidas alcoólicas, processando os infratores com a máxima severidade.
Já notamos, e toda a população ordeira, que os vadios em parte os bancos do jardim, os ladrões se retraíram e não se aventuram mais a invadir a casa alheia, sabendo que se forem pegos pelo Delegado de Polícia, estarão perdidos.
O Dr. Wilson Rodrigues, com rigor e a justiça que lhe são característicos já pela sua presença faz com que os malandros recuem e se ponham a trabalhar. O vadio que fez a sesta continuada pelo jardim ou nos bares já não dorme. Procura ou trabalhar, ou sair da cidade. Seu repouso está interrompido pela lei.
No entanto, agora que este ponto está sanado, o Dr. Wilson Rodrigues, está providenciando um policiamento intensivo para repressão de imoralidades por parte de qualquer um, mas principalmente  pelos casais de namorados.
Cumprindo a lei ele não titubeará em colocar fora do cinema ou dos bailes, chamarem a atenção publicamente no jardim e outros logradouros, destes casais que fazem questão de se exibirem despudoradamente em público.
Empenhado como o Governo do Estado, na liquidação destes amorais, fará publicar o nome por este semanário, de toda a pessoa detida ou advertida pelo fato de estar causando escândalos.
Porto Ferreira está de parabéns. A cidade que passou meses completamente desamparada pela Polícia está recuperando a confiança pela própria.

Ela percebe que caminha para um repouso merecido, sabendo que alguém está velando pela sua segurança. Necessita agora colaborar de todas as formas que lhe for possível com o Dr. Delegado para que ele possa aperfeiçoar cada vez mais o organismo policial. Cada crime deveria ser imediatamente comunicado a Polícia. Cada contravenção denunciada, embora não grave, é um passo dado para a segurança pública. De nossa parte só nos resta cumprimentar o Dr. Wilson Rodrigues pela sua eficiente atuação e testemunharmos ao público que, dentro das possibilidades, o seu jornal fará tudo para o bem, moralização e segurança da cidade, cooperando para as boas causas que a Polícia realizará e que descrevemos neste e nos números anteriores.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MINHA BISAVÓ FOI PEGA NO LAÇO?

TRIO UIRAPURU

UM GALO AMARRADO PELO PÉ!!!