HILÁRIO DOMINGUES NETO

Capa do livro editado por Hilário Domingues Neto, com o título: Navegando o Mogi-Guaçu.
A agro exportação cafeeira  no Oeste Paulista e a formação de um mercado interno regional
(1883-1903)

Figura 9
 Vapor Conde d'Eu, medindo 32,00 metros de comprimento por 3,80 metros de largura. Na proa, a caldeira e o mecanismo de tração das correntes para a transposição das corredeiras. Fonte: Museu da Companhia Paulista, Jundiaí(SP)

Comentários

  1. Seria possível um vapor deste tipo navegar no Rio Mogi Gauçu, nos dias de hoje?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

MINHA BISAVÓ FOI PEGA NO LAÇO?

Obras de Antonio Paim Vieira pertencem ao patrimônio histórico de Porto Ferreira

TRIO UIRAPURU